Segurança

Estendendo a segurança para a Internet das Coisas com o Azure Sphere

Nos últimos 15 anos,medidas foram tomadas para fortalecer a proteção de segurança, não apenas para softwares, como Windows e Office, mas também para os chipsets Xbox. Agora, a combinação desse conhecimento e dos avanços garantem, no nível do silício, os bilhões de dispositivos conectados que ficarão na fronteira da rede mundial de computadores.

Aplicando novos avanços de pesquisadores de segurança, a Microsoft começou a introduzir proteção de segurança para a próxima geração de dispositivos de nuvem e fronteira alimentados por microcontroladores (MCUs). Essa crescente categoria de dispositivos conectados à nuvem – 9 bilhões deles são entregues a cada ano – executa pequenos chips MCU que equipam tudo, de utensílios de cozinha e brinquedos a equipamentos industriais no chão de fábrica. A próxima onda de dispositivos conectados é cada vez mais inteligente e conectada. Eles melhorarão a vida diária de inúmeras maneiras, mas se não estiverem seguros, eles tornarão pessoas, comunidades e países vulneráveis ​​a ataques de várias maneiras.

O Azure Sphere é a primeira solução holística do setor para proteger dispositivos baseados em MCU do silício até a nuvem. Esta solução reúne três peças fundamentais e avanços:

  • Primeiro, o Azure Sphere é baseado no desenvolvimento da Microsoft de uma categoria totalmente nova de MCUs com mais de cinco vezes o poder dos MCUs legados. O IP é licenciado para esses novos MCUs com isenção de royalties para fabricantes de silício, eliminando barreiras para parceiros que desejam desenvolver e fabricar chips Azure Sphere.
  • Segundo, o Azure Sphere trará para esses novos chips um novo sistema operacional personalizado construído para a segurança de IoT. Este sistema operacional incorpora um kernel Linux personalizado que foi otimizado para um ambiente de IoT e reformulado com inovações de segurança pioneiras no Windows para criar um ambiente de software altamente seguro.
  • Finalmente, o Azure Sphere contará com um serviço de segurança na nuvem pronto para uso que protege todos os dispositivos do Azure Sphere, incluindo a capacidade de atualizar essa proteção de segurança por um período de vida do dispositivo de 10 anos. É importante ressaltar que o Azure Sphere trabalhará com qualquer nuvem – privada ou proprietária – para que os clientes possam continuar usando sua infraestrutura de dados existente enquanto adotam a segurança inovadora do Azure Sphere para seus dispositivos.

Essa abordagem combinada do Azure Sphere reúne o melhor da inovação em hardware, software e serviços. Ele está disponível a qualquer fabricante de chips MCU, aberto a inovações de software adicionais da comunidade de código aberto e pronto para trabalhar com qualquer nuvem. Em suma, representa um novo passo importante para a Microsoft, integrando a inovação em todos os aspectos da tecnologia e trabalhando com todas as partes do ecossistema tecnológico. A Microsoft acredita que essa solução holística trará aos dispositivos de IoT mais segurança, resiliência e agilidade para desenvolvedores.

Fonte