Info

Como as empresas podem escolher o modelo de negócio certo para sua solução de IoT

Nos anos 90, cerca de um bilhão de usuários foram conectados à internet, principalmente via desktop. Nos anos 2000, tivemos a segunda onda, que conectou cerca de 2 a 3 bilhões de pessoas por meio de dispositivos móveis. Essas mudanças sísmicas reverberaram no setor e na cultura, oferecendo oportunidades raras para as empresas reinventarem como compartilham e consomem dados, criam produtos, prestam serviços e interagem com os clientes.

A Internet das Coisas (IoT) é a terceira onda, conectando potencialmente qualquer aspecto do mundo físico, de dispositivos portáteis a eletrodomésticos, fabricação industrial e transporte em massa e pessoal. A IoT oferece às empresas a capacidade de rastrear, responder, prever e otimizar o comportamento do cliente de novas maneiras que podem dar às empresas uma vantagem distinta sobre a concorrência. Mas nem todas as empresas sabem como aproveitar o poder da conectividade IoT inovadora em suas estratégias de negócios – e estão perdendo.

As organizações que querem permanecer competitivas precisam adaptar-se ou seguir em frente a partir de modelos de negócios que não aproveitam ao máximo as soluções de IoT. Os líderes de negócios devem ter uma compreensão clara do impacto que a IoT pode ter em seus negócios, seja reduzindo custos, gerando novos fluxos de receita ou oferecendo melhores serviços aos clientes. O primeiro passo é avaliar se eles estão usando os modelos de negócios certos.

Fonte